A representação judaica na poesia mariana ibérica no século XIII: análise das cantigas de Santa Maria de Afonso X, o sábio

Nome: Ingrid Alves Pereira
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 10/10/2019
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Sergio Alberto Feldman Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Belchior Monteiro Lima Neto Examinador Interno
Kellen Jacobsen Follador Examinador Externo
Paulo Roberto Sodré Examinador Externo
Sergio Alberto Feldman Orientador

Resumo: Investiga a gradativa estigmatização dos judeus, pelo viés historiográfico, literário e discursivo, analisando os miragres constantes em Cantigas de Santa Maria, de Afonso X, do século XIII, que com frequência versam a respeito dos judeus com um tom depreciativo, colocando-os numa posição marginal em relação aos cristãos. Discute a representação dessa minoria religiosa por meio de enfoque interdisciplinar que abrange a História Cultural, de Roger Chartier (1990); da análise do discurso, de Patrick Charaudeau e Dominique Maingueneau (2004), e dos estudos filológico-literários, de Walter Mettman (1989). Verifica que, durante a Idade Média, o contexto ibérico difere profundamente do restante da Europa, já que a “Reconquista” cristã dos territórios dominados pelos muçulmanos configurou uma situação diferenciada em relação a outros lugares, beneficiando os judeus. Nesse contexto, a relação entre as três religiões (cristã, judia e muçulmana) era de relativa tolerância mútua; no entanto, há uma crescente hostilização da minoria judaica representada na literatura cristã, a partir do século XIII, o que pode ser percebido nas cantigas marianas de Afonso X.

Acesso ao documento

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910