Defesa de tese de doutorado de Raphael Americano Câmara

Título: Retratos de um cenário oitocentista na província do Espírito Santo (1845-1888): Crimes e Escravidão
Data de defesa: 19/12/2019
Horário: 14h
Local: sala 213 do prédio Bárbara Weinberg, CCHN, Campus Goiabeiras, UFES

Banca Examinadora:  Sebastião Pimentel Franco (Orientador)
José Cândido Rifan Sueth (Examinador Externo - IFES)
Leandro do Carmo Quintão (Examinador Externo – IFES)
Sonia Maria da Costa Barreto (Examinador Externo – Faculdade Vale do Cricaré)
Patrícia Maria da Silva Merlo (Examinador Interno - UFES)

Resumo: Esta pesquisa busca discutir as relações sociais e cotidianas vividas na Comarca de Vitória/ES, na segunda metade do século XIX, mais precisamente, entre 1850 e 1889, por escravos e livres. Por meio da leitura de depoimentos e interrogatórios de réus, vítimas e testemunhas, retratados nos processos crimes, pertencentes ao acervo do Arquivo Público do Estado do Espírito Santo, procura entender as dinâmicas da sociedade local, verificando as relações de proximidade, amizade e inimizade, solidariedade e violência, envolvimentos afetivos que se constituíam no dia a dia de livres, forros e escravos. Utiliza, ainda, como fonte, mensagens de presidente e periódicos da Província do Espírito Santo. Como metodologia, apropria-se dos ensinamentos de Carlo Ginsburg, visando a encontrar, por meio de pistas e sinais, indícios elementos que possibilitem interpretar aspectos cotidianos vividos pelos habitantes da Comarca de Vitória/ES. Conclui que a diversidade e a complexidade permeavam a vida cotidiana de livres e escravos na Província do Espírito Santo, onde a violência se fazia presente, conjuntamente, com possibilidade de uma interação mais próxima entre senhores e escravos.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910