Defesa de dissertação de mestrado de Luan Tofano Elias

Título: Bastidores do Feminicídio: permanências históricas do crime em Cachoeiro de Itapemirim-ES. (2001-2010).
Data de defesa: 16/12/2019
Horário: 14h
Local: sala de webconferência do CCHN, Campus de Goiabeiras, UFES

Banca Examinadora:  Maria Beatriz Nader (Orientadora)
Ana Carolina Eiras Coelho Soares (Examinador Externo - UFG)
Pedro Ernesto Fagundes (Examinador Interno)
Paulo Velten (Examinador Externo - UFES)

Resumo: O presente trabalho trata-se de um estudo de caso que consiste na análise quanti-qualitativa de 30 assassinatos de mulheres ocorridos no município de Cachoeiro de Itapemirim, cidade localizada ao sul do estado do Espírito Santo, no período compreendido entre os anos de 2001 e 2010. Tomando como objeto de estudo os inquéritos policiais disponibilizados pela Delegacia de Crimes Contra a Vida do município, esta pesquisa tem por objetivo tecer uma reflexão e crítica sobre a forte presença histórica do patriarcado no imaginário social cachoeirense, que acaba por matar a mulher por razões de gênero – fenômeno este caracterizado por feminicídio. A fim de elucidar a influência das relações de gênero na criação de espaços de cultura historicamente violentos, esta dissertação visa apresentar o perfil das mulheres vitimadas, levando em consideração a faixa etária, estado civil, cor/etnia e profissão. Também, visando a compreensão das formas pelas quais o fenômeno do feminicídio se manifesta nessa amostragem de Cachoeiro de Itapemirim, também é proposta a análise das formas pelas quais as mulheres foram assassinadas, isto é, os meios utilizados pelos assassinos para retirarem a vida de suas vítimas, bem como o local de ocorrência e residência dessas mulheres. Além disso, é proposto também uma reflexão sobre a aplicabilidade da Lei Maria da Penha, no que se refere a prevenção desse crime. Por fim, também é analisada as motivações aparentes no inquérito que explicam os motivos pelos quais fizeram o algoz retirar a vida de sua vítima. Todo este trabalho tem por objetivo evidenciar a permanência histórica do patriarcado matando a mulher cachoeirense, bem como compreender as formas pelas quais o feminicídio se manifesta na cidade.

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910